Questionário

Parâmetros de assistência psicológica na atenção em saúde

Sistema Conselhos de Psicologia

PARÂMETROS MÍNIMOS PARA ATUAÇÃO DA PSICOLOGIA NO SUS

O Conselho Federal de Psicologia está realizando um levantamento das atividades das (os) psicólogas (os) brasileiras (os) que atuam na área da saúde com objetivo de criar uma resolução que traga parâmetros mínimos de dimensionamento da força de trabalho e definições de tempo de hora-assistencial dessas (es) profissionais nos três níveis de atenção à saúde. Este trabalho é de suma importância para categoria, uma vez que fornecerá subsídios para criação de legislação protetiva do trabalho das (os) psicólogas (os) na saúde.

Considera-se como componentes da Rede de Atenção à Saúde (RAS), todos os estabelecimentos de saúde, públicos e privados (BRASIL, 2010).

A assistência psicológica no contexto da Rede de Atenção à Saúde contempla ações de assistência direta e indireta. Entende-se a assistência direta como as técnicas e procedimentos realizados em interação com os usuários ou grupo de usuários e assistência indireta como os procedimentos realizados a parte dessa interação, visando à efetividade da assistência direta (KAKUSHI; ÉVORA, 2014). O segundo tipo de assistência é denominada por Simonetti (2018) como manejo situacional. (NOTA TÉCNICA CRP09/2019).

Esta pesquisa será dividida em três blocos, com base nos níveis de atenção primário, secundário e terciário de atenção à saúde. Você deverá responder as questões relativas ao nível de atenção em que atua. Caso atue em mais de um nível, responda separadamente cada bloco de perguntas.

Sistema desenvolvido pela Gerência de Tecnologia da Informação do CFP - Copyright ® 2013 Todos Direitos Reservados

SAF SUL (Setor de Administração Federal Sul), Quadra 2, Bloco B, Edifício Via Office, Térreo, Sala 104. CEP.: 70070-600, (61) 2109-0100